quinta-feira, 31 de março de 2011

Dengue no ES: Apiacá campeã em notificações no estado


Quatro mortes provocadas por dengue foram confirmadas no estado.
Apiacá é o município com maior incidência da doença.



O Espírito Santo registrou 16.333 notificações de casos de dengue entre os dias 1º de janeiro e 26 de março deste ano, segundo dados da Secretaria de Saúde divulgados nesta quinta-feira (31). Foram confirmadas quatro mortes provocadas pela doença no estado.



De acordo com a Secretaria da Saúde, outros 11 óbitos suspeitos de ter sido provocados pela dengue estão em investigação.
Os municípios com maior incidência da doença são Apiacá (ES), com 1.743,6 casos para cada 100 mil habitantes, seguido por Barra de São Francisco (ES), com 1.305,1 casos para cada 100 mil habitantes. A cidade Bom Jesus do Norte (ES) e Pinheiros (ES) têm, respectivamente, 1.223,8 e 1.021,3 casos para cada 100 mil habitantes.
A Secretaria da Saúde orienta os moradores a tirar água dos vasos de plantas e manter garrafas vazias de cabeça para baixo, além de tampar caixas d’água e qualquer tipo de recipiente que possa acumular água.
 
G1

Caminhão roubado bate em outro em Ponte do Itabapoana: motorista foge.

O acidente aconteceu no final da tarde desta quarta-feira (31), no distrito vizinho de Ponte do Itabapoana, em Mimoso do Sul. Segundo informações, o caminhão caçamba, de placa LFH 3639, da cidade de Serra - ES, constava como roubado nos dados da polícia, que apenas compareceu hoje de manhã para fazer a ocorrência, visto que o posto policial da localidade está desativado desde o ano passado.  O motorista que causou o acidente, segundo relato de um morador da localidade, saiu correndo assim que bateu na Scannia, que estava carregada com cimento.
Segundo relato deste morador, que preferiu não se identificar, o caminhão caçamba parecia ter perdido os freios, fato que fez o acidente vir a acontecer. Em seguida, a carga de cimento que estava no caminhão Scannia, começou a ser parcialmente saqueada.
Ninguém se feriu.





No Twitter da Deputada Clarissa Garotinho... Pedra Lisa vai virar Clínica de Drogados

"Rosinha assinou decreto desapropriando o hotel fazenda Pedra Lisa para abrigar a Primeira clínica de tratamento de dependentes químicos de Campos".


Obs: de acordo com o que estamos vendo na nossa região, com inúmeros casos de jovens usando drogas, o Hotel agora vai bombar!

Irmão de José Alencar que mora em Piúma não deve ir ao velório


Por telefone, a esposa Janete disse que Álvaro Alencar, de 91 anos, tem dificuldades de locomoção. E que o irmão mais velho do ex-vice-presidente recebeu a notícia com tranquilidade


O irmão do ex-vice-presidente José Alencar, que morreu nesta terça-feira (29) após lutar por 10 anos contra um câncer, não deve comparecer ao velório. Álvaro Alencar tem 91 anos e mora em Piúma, litoral Sul do Estado. Por telefone, a esposa Janete disse que o marido tem dificuldades de locomoção, devido a problemas de saúde. "Os dois sempre se falavam aos domingos, mesmo quando José Alencar estava internado. Ele sempre passava tranquilidade, tinha uma voz muito serena", afirma Janete.

Álvaro soube da notícia através do irmão mais novo, Antônio Gomes da Silva, que confortou o irmão mais velho. "Antônio disse que José Alencar morreu sem sentir dor. Ele estava lúcido e agradeceu aos médicos sorrindo. Meu marido recebeu a notícia com tranquilidade, pois entendeu que o irmão havia sofrido demais. O fato da morte ter acontecido de forma tão calma ajudou Álvaro a aceitar tudo", finaliza Janete.

SARA MOREIRA - A GAZETA

quarta-feira, 30 de março de 2011

Roberto Henriques se reúne com Ricardo Teixeira e reivindica para Campos ser subsede da Copa

Ao seu jeito, Roberto Henriques vai se consagrando como Deputado Estadual. Em importante encontro com o Presidente da CBF, Ricardo Teixeira, Roberto Henriques reivindicou que Campos seja uma das sub sedes da Copa do Mundo de 2014. Ele realçou a importância histórico-desportiva de Campos e sua proximidade de três cidades-sedes da Copa (Rio, Salvador e Belo Horizonte).
Roberto Henriques ressaltou no encontro as tradições de Campos, falando de Polycarpo Ribeiro de Oliveira, o Poly da Seleção de 1930, por ocasião da primeira Copa do Mundo, de Pinheiro, Didi, Amarildo e outros campistas, que vestiram a camisa canarinho. O meu sonho é recuperar a importância histórica que Campos sempre teve e que se concretizaria com a construção das acomodações e um Centro de Treinamento para abrigar uma das seleções da Copa do Mundo que se realizará no Brasil, disse o deputado.
Essa proposta foi feita durante almoço com Ricardo Teixeira e o presidente da Federação de Futebol do Estado, Rubens Lopes (Rubinho), do qual também participou, a convite de Roberto Henriques,  o empresário campista Joilson Barcelos. Em contato por telefone, o Governador Sérgio Cabral e o Vice-Governador Pezão manifestaram apoio à proposta e viram com simpatia a indicação de Campos. A idéia de Roberto Henriques é que depois as instalações passem a ser utilizadas como Centro Poliesportivo para a infância e a juventude, Centro de Treinamento pelos clubes locais e Centro de Formação Profissionalizante, através da Faetec.
Nesta quinta-feira (31/03), Roberto Henriques participará de uma reunião na CBF, a convite do presidente Ricardo Teixeira, em que estarão presentes o presidente  do Goytacaz FC, José Luiz Dutra, dirigentes do clube e o presidente da FFERJ, Rubinho Lopes. Esta reunião entre a diretoria do Goytacaz e a CBF teve importante articulação do empresário campista Thieres Rodrigues, sogro de Ricardo Teixeira.

Ministro das Comunicações afirma que internet pode chegar a R$ 29

Medida faz parte do projeto do governo de deixar a internet banda larga a preços populares.


O ministro das comunicações, Paulo Bernardo, afirmou, segundo o G1, em um encontro entre empresários que a internet banda larga no Brasil pode chegar a custar R$ 29. “Estamos negociando, e as operadoras vão baixar o preço. Podem falar isso: é a manchete de amanhã”, afirmou o ministro.

A redução do valor é um dos alvos do Plano Geral de Metas de Universalização (PGMU) e o Programa Nacional de Banda Larga (PNBL).

terça-feira, 29 de março de 2011

A campista Adriana, do BBB, "fisga" Rodrigão de vez

Adriana e Rodrigão não escondem mais que estão juntos e se beijaram no saguão do hotel onde estão hospedados na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio. 


Depois de ficar no programa com o mister Paraná e colocar um "galho" no conterrâneo da planície goitacá, Adriana, que mostrou ter bastante personalidade  em suas afirmações no programa, parece que não vai deixar escapar o bonitão mesmo! rsss.



A morte de um guerreiro: adeus José Alencar!



Uma frase que resume o caráter deste grande brasileiro: "o homem honrado não morre nunca - se ele for um camarada desonrado, ele morre em vida"

segunda-feira, 28 de março de 2011

L. Werneck News: estrada municipal que liga Santo Eduardo a Ponte do Itabapoana em estado de abandono total

Mais um problema no 13º distrito que parece não fazer a mínima diferença para as autoridades de Campos. Trata-se da estrada que liga Santo Eduardo à Ponte do Itabapoana, no município vizinho de Mimoso do Sul. Nessa estrada, para quem não sabe, o asfalto foi colocado no governo Arnaldo Vianna, sem nenhum critério de segurança e respeito à vida humana, como por exemplo, a colocação de placas de sinalização, normais e essenciais em qualquer estrada do país; apenas na época foi pintada as faixas na pista, coisa que agora nem vemos mais por falta de intervenção da empresa que cuida do trânsito do município, a EMUT. Para complicar mais a situação, o mato invade a pista e árvores também avançam sobre a mesma, sendo essa questão de responsabilidade da Secretaria de Meio Ambiente, mas o órgão também não faz a sua parte há tempos - Resultado: perigo constante para os motoristas que usam essa via e vários acidentes registrados, inclusive com óbito.

Confira a matéria assistindo o vídeo abaixo:


Vamos voar? Dê asas a sua imaginação

O sonho de homem sempre foi voar. Ver lá de cima o quanto somos pequenos em relação ao mundo e o quanto nos sentimos grandes quando realizamos um sonho.


Vôo panorâmico - Usina Santa Isabel
"Voar é confundir sonho com realidade e preferir a segunda opção".

Maiores detalhes: 
Cláudio Eduardo F. Siqueira
(22) 2781-2371 
(22) 9822-6589
e-mail: siqueira_joy@hotmail.com

domingo, 27 de março de 2011

L. Werneck News Comunidades: Produtor Rural reclama do descaso das autoridades com Santo Eduardo.

O Blog abre mais um espaço para a(s) comunidade(s) e estreia uma nova linguagem, o uso de vídeos, que tem como maior objetivo buscar junto aos poderes constituídos as soluções para as mais diversas questões que estão sem solução na nossa região. 
Para começar, mostro no vídeo abaixo o produtor rural e também comerciante de Santo Eduardo, o senhor Paulo Ribeiro da Fonseca, conhecido por todos da região como "Paulinho da Farmácia" fazendo um desabafo espontâneo sobre a precariedade que se encontra parte da Estrada da Limeira, que dá acesso ao Garrafão; no relato, Paulinho revela toda a sua insatisfação com as autoridades municipais, insatisfação essa que é comprovada também nas ruas, ouvindo boa parte da população de nossa região, que diga-se de passagem, está cansada de tantas desculpas e promessas. Confira o vídeo:


Segundo informações, um funcionário da Secretaria de Obras esteve na Estrada da Limeira e prometeu fazer a recuperação nos trechos com problemas assim que a chuva na região cesse.

Travesti de MT paga INSS como profissional do sexo


Lilith diz ser a única contribuinte do estado com tal cadastro na Previdência.
Atividade é reconhecida pelo governo desde 2002.



Lilith Prado, presidente da Associação dos
Travestis de Mato Grosso (Foto: Arquivo pessoal)

Há pouco mais de dois meses, Lilith Prado, 31 anos, moradora de Cuiabá começou a contribuir para o Instituto Nacional do Seguro Social para ter direito a benefícios trabalhistas e garantir a aposentadoria quando a idade pesar. Mas o caminho até conseguir fazer a inscrição foi longo. Lilith é travesti, profissional do sexo, e queria que nos seus registros fosse incluída a correspondente ocupação. Desde 2002, essa atividade é reconhecida pelo Ministério do Trabalho e aceita pela Previdência na inscrição de contribuintes individuais.
Para conseguir o cadastro, Lilith percorreu todas as agências da Previdência Social em Cuiabá até que, com a ajuda de um advogado e de uma assistente social, conseguiu convencer os funcionários de que a inscrição no regime previdenciário poderia ser feita como profissional do sexo, não apenas como contribuinte individual.
Ainda que recolha a contribuição como autônoma, Lilith pode ter benefícios específicos para o tipo de atividade que desempenha.
“Como fico exposta a riscos, como violência, DSTs [Doenças Sexualmente Transmissíveis], poluição sonora... e estando enquadrada como profissional do sexo, tenho direitos que não teria se deixasse de informar minha verdadeira ocupação. No ano passado, por exemplo, fui assaltada e fiquei 20 dias afastada. Se já tivesse saído o INSS, eu não ficaria sem receber”, argumentou.
Segundo último levantamento do ministério, o país tem cerca de 9,41 milhões de contribuintes individuais. No entanto, o órgão informou ser impossível identificar com qual registro cada uma dessas pessoas está inscrita e que, independentemente da atividade desempenhada, todos os trabalhadores têm os mesmos direitos.
Lilith diz querer que outras profissionais do sexo contribuam como tal e tenham os mesmos benefícios com os quais ela conta hoje.
“Não quero ser a primeira e única. As mulheres, os garotos de programa, sendo travestis ou não, podem ter os mesmos direitos que qualquer outra pessoa que paga a Previdência. Pode demorar muitos anos, mas um dia as pessoas se aposentam”, disse.
BenefíciosDe acordo com o INSS, os contribuintes individuais e facultativos, independentemente da atividade registrada, têm direito a aposentadoria por idade, por invalidez, por tempo de contribuição, especial e benefícios tais como, pensão por morte, salário-família e auxílio-reclusão.
A alíquota de contribuição desse tipo de segurado é de 20% sobre o salário de contribuição. Os contribuintes que optam pelo Plano Simplificado de Previdência Social pagam a alíquota de 11%.

Santo Eduardo sem água desde ontem.

A Empresa responsável pela distribuição de água na localidade e em todo município de Campos, Águas do Paraíba, informou através de contato telefônico (115), que enviará técnico ainda hoje para verificar o problema.
Há informações que o problema ocorre apenas em Santo Eduardo.  Em Santa Maria e Espírito Santinho não foram afetados pelo corte do fornecimento.

sábado, 26 de março de 2011

Transexual fará 1ª cirurgia de retirada de órgãos femininos pelo SUS em SP


Alexandre dos Santos fará a operação em abril no Hospital Pérola Byington.
Médica defende importância do procedimento para transexuais masculinos. 


O agente de saúde Alexandre Peixe dos Santos, de 38 anos, será submetido em abril à primeira cirurgia realizada pelo Sistema Único de Saúde (SUS) em São Paulo de retirada dos órgãos reprodutores femininos de um transexual. É o primeiro passo para ele conquistar o corpo que sempre desejou. A operação para retirar útero, trompas e ovários está marcada para ocorrer no início do mês no Hospital Pérola Byington.
Apesar de ter nascido Alexandra, ele diz que se sente um homem em um corpo de mulher desde pequeno – e faz questão de ser chamado pelo gênero masculino. “Eu sempre quis e curti coisas de menino. Sempre me identifiquei assim, desde criança”, conta. Após a cirurgia, Alexandre poderá iniciar o tratamento com hormônios. Mas ainda faltará uma etapa, que é a cirurgia para retirada das mamas, a ser realizada em outro hospital, sem data definida.
A ginecologista e sexóloga Tânia das Graças Mauadie Santana, coordenadora do Centro de Referência e Especialização em Sexologia do Hospital Pérola Byington (Cresex), fala da importância do procedimento para os transexuais masculinos. “É importantíssimo, porque a questão dos transexuais é a mudança da identidade. Eles querem o máximo possível parecer o sexo desejado. Ele se sente homem e tem que ficar o mais próximo possível disso. É preciso adequar a mente ao seu corpo”, defende.
A cirurgia é resultado de uma parceria do Pérola Byington com o ambulatório dedicado exclusivamente à saúde de travestis e transexuais, inaugurado em junho de 2009 pela Secretaria de Estado da Saúde na Zona Sul da capital paulista. O hospital fará duas cirurgias de retirada de útero, ovários e trompas de transexuais masculinos todos os meses. “É um avanço para a sociedade e para a classe médica”, opina a médica.
O fato de o hospital ser considerado um centro de referência para as mulheres gerou uma preocupação a Alexandre, porque alguns quartos são coletivos. Para tranquilizá-lo, Tânia garantiu que ele ficará em um apartamento separado de outras pacientes. No caso do agente de saúde, a cirurgia também possui outra indicação médica, porque ele tem um mioma.
Infância
Alexandre conta que, desde muito pequeno, quis ter brinquedos e vestir roupas de meninos. As bonecas que ganhava em aniversários e Natais eram repassadas à irmã, um ano mais nova. E queria ter os presentes do irmão. “Lembro que, no aniversário de um ano do meu irmão, o bolo dele era um campo de futebol, cheio de bonequinhos. E ele com uma fantasia de Super-Homem. Era aquilo que eu queria para o meu aniversário e não tinha”, recorda.
A solução era brincar escondido com carrinhos e trenzinhos do irmão. “Teve um Natal que meu irmão ganhou um Ferrorama e eu uma boneca. A boneca foi para minha irmã e, quando todo mundo ia dormir, eu brincava com os brinquedos dele. Há 35 anos não era uma questão normal para a minha mãe eu querer os brinquedos do meu irmão. Então, precisava ser tudo escondido.”
Alexandre fala sobre cirurgia (Foto: Daigo Oliva/G1

Para manter o cabelo curto, ele utilizava outro "truque". “Eu procurava na escola quem tinha piolho. Minha mãe sempre brigava”, lembra. Com os cabelos do tamanho que desejava, outra barreira eram as roupas femininas. “Era uma coisa muito ruim. Como minha irmã tinha só ano de diferença, a gente andava com as roupas iguais, só mudava a cor”, lembra.
O período mais difícil, no entanto, foi a adolescência. “Na mudança do corpo, as coisas ficam mais complicadas. Os meninos começam a ter outros gostos, a arrumar namorada, e você fica isolado. E, quando você conhece alguém que gosta, é do mesmo sexo, biologicamente falando. Por isso, durante um tempo eu me identificava como lésbica, que era o mais próximo que eu conhecia”, afirmou. Muitos anos mais tarde, no entanto, durante uma reunião na Associação da Parada do Orgulho GLBT de São Paulo, se descobriu um transexual masculino. “Eu nunca me identifiquei como mulher. Então, foi um alívio.”
Gravidez
Há 19 anos, Alexandre viveu a experiência de gerar um bebê. Ele vivia com uma companheira que tinha câncer e não podia ser mãe. Porém, queria muito ter um filho. A gravidez aconteceu após um acordo com um amigo homossexual. “Em nenhum momento fui uma grávida. Fui um grávido, um pai. Eu não tinha essa questão materna, era um corpo mudando”, afirma.
Mesmo se sentindo um homem, ele se rende à emoção de ter dado à luz uma criança. “É um momento indescritível, acho que não tem emoção que dá para comparar. Eu sou um homem que teve a sorte de ver o quanto é lindo aquilo”, lembra. A mulher morreu três anos após o nascimento de Bruna. A filha chama Alexandre até hoje de “pãe”.
O agente de saúde conta que a filha já sofreu muitos preconceitos por causa da transexualidade dele. “Eu converso com ela sobre essa questão desde os 4, 5 anos. Sempre expliquei. Mas eu acho que ela sofreu muito preconceito, até perdeu namorado e amigos”, diz.
Preconceito e violência
Alexandre relata que os transexuais são vítimas constantes de preconceito. “Xingamento é todo dia. A gente não acostuma. É que, se a gente for olhar tudo, não vive. É piadinha no ônibus, a gente entra em uma loja e o vendedor nem te olha. São olhares, palavras”, afirma.
Alguns casos, porém, são muito mais graves. Ainda jovem, ele sofreu uma violência sexual. “Teve uma ocorrência grave, uma violência sexual que sofri no banheiro masculino, porque passei a frequentar o banheiro masculino. Eram colegas que eu jogava bola. Isso ficou durante muito tempo guardado, eu vim contar com 30 anos para alguém.”
Em 1988, ao sair de uma festa, apanhou de 20 homens. “Um cara disse que, se eu queria ser homem, tinha que apanhar como homem. Eles me deram uma surra. Apanhei de ser arrastado de um lado para outro, chute, pontapé, soco”, contou. Segundo Alexandre, a polícia apareceu, ele entrou no carro e, ao contar o que aconteceu, um policial comentou: “também, olha do jeito que você anda”. “E não me levaram para a delegacia, me largaram na porta de casa.”
Características masculinas
O agente de saúde aguarda a cirurgia de retirada dos órgãos reprodutores femininos para começar a hormonioterapia. Ele sabe da importância de se ter um acompanhamento para a utilização de hormônios. “Em 2006, eu tomava hormônio sem acompanhamento e tive dois AVCs [acidentes vasculares cerebrais]”, contou.
Ele espera com ansiedade, no entanto, a cirurgia da retirada das mamas. Segundo Alexandre, são elas que ainda fazem as pessoas o identificarem como uma mulher. “Para mim, a mastectomia é que vai ser a libertadora. Eu não vejo a hora de chegar na praia, tirar a camiseta e ir para o mar.”
G1

PT do B: Mauro assume, Bacellar não aparece e Garotinho faz piada

Blog do Bastos

Foto de Leonardo Berenger
Quem esperava um encontro entre o deputado federal Anthony Garotinho (PR) e o vereador Marcos Bacellar (PT do B), que prometeu dizer “umas verdades”, viu apenas uma grande festa do grupo governista na posse do secretário de Comunicação, Mauro Silva. Ele assumiu a presidência do diretório do PT do B em Campos e prometeu montar um grupo forte para o pleito de 2012. Na festa, a deputada estadual Clarissa Garotinho, o presidente do PR em Campos, Wladimir Garotinho, o presidente estadual do PT do B, Vinicius Cordeiro, além de ex-adversários, secretários e militantes. Se não bastasse ver o seu partido nas mãos do grupo de Garotinho, Bacellar também está perdendo aliados. O vereador Jorginho Pé no Chão, o ex-deputado Paulo Albernaz e o suplente Guilherme Negão, que no último pleito estavam no grupo de Bacellar, agora integram o “Novo PT do B”.
Ao comentar sobre a sua ausência, Bacellar explicou que estava impossibilitado por conta de um problema antigo no joelho. Porém, já deixou claro que não existe a mínima possibilidade de continuar na legenda. “Quero que me expulsem”, afirmou.
Garotinho comenta sobre beijinho — Em seu discurso, Garotinho ironizou Bacellar, que recentemente disse que daria beijinho. “Não estou vendo o beijoqueiro. Para não dizer que estou saindo daqui sem beijo, vou ganhar um beijo da minha filha Clarissa”, disse o deputado.
Coveiro — Falando sobre a importância da união de todos para a eleição de 2012, Garotinho desenterrou, em clima de descontração, uma história sobre o subsecretário de Assistência e Família, Marcos Soares, que agora está no PT do B. “O Marcos Soares me enterrou. Agora é o momento de reverter isso e me ajudar muito”, disse, gargalhando, o deputado federal.
Wladimir alfineta Frente Democrática — Wladimir Garotinho, presidente do PR em Campos, parabenizou o novo presidente do PT do B e criticou a Frente Democrática. “É um prazer estar aqui junto ao meu pai e minha irmã na posse do meu amigo Mauro Silva (…) Hoje, existe um grupo chamado Frente Democrática que critica e fala besteiras sobre a prefeita e não tem espaço nenhum, muito menos poder de decisão para nada”, disse.
Clarissa costurou aliança — Ao comentar sobre o início das conversas envolvendo o PT do B e o grupo de Garotinho, o presidente estadual do partido, Vinicius Cordeiro disse que foi a deputada estadual Clarissa Garotinho (PR) que o aproximou do grupo. “Ela foi responsável pelo primeiro passo”, contou Cordeiro.
Garotinho: “Clarissa será prefeita do Rio” — No final do seu discurso, sem esconder a empolgação, Garotinho fez uma promessa ao novo aliado e falou sobre o novo vôo da sua filha. “Vinicius Cordeiro será candidato a vereador do Rio com o meu apoio e Clarissa será prefeita do Rio”, afirmou.
Vida de deputado — Garotinho explicou que não queria muito saber de se candidatar a deputado federal. Porém, disse que tá pegando o gostinho. “Pensei muito. Sinceramente, não queria me candidatar a deputado federal. Mas tô gostando. Acho até que vou encurtar o caminho”, disse com um ar misterioso.

sexta-feira, 25 de março de 2011

Votos de Arnaldo Vianna podem mudar composição da Câmara Federal

O jornalista Felipe Sáles informa no blog da coluna “Extra, Extra”, da Berenice Seara, que depois da comemoração pela sentença do Supremo Tribunal Federal, que valida a lei da Ficha Limpa apenas a partir das eleições do ano que vem, os fichas-sujas começam a arregaçar as mangas. A bancada do Rio na Câmara dos Deputados deve sofrer alterações a partir da retotalização de votos de Arnaldo Vianna (PDT) e Celso Jacob (PMDB). Eles tiveram, respectivamente, 53.605 e 31.202 votos.  “Assim, Jacob teria direito à terceira suplência. Com a recontagem, o PMDB ganha mais uma vaga, o que deve tornar Nelson Bornier, hoje primeiro suplente, titular de uma das cadeiras. Nestor Vidal também ganha espaço na Câmara, na vaga, provavelmente, de Rodrigo Bethlem, hoje secretário de Assistência Social da Prefeitura do Rio. O primeiro suplente então seria Fernando Jordão; o segundo, Solange Almeida; e, em seguida, Celso Jacob”, informa a nota.


Alexandre Bastos

quinta-feira, 24 de março de 2011

Criança de Bom Jesus do Norte morre de dengue hemorrágica

Informação coloca autoridades em estado de alerta

Uma criança de seis anos morreu na madrugada desta quinta-feira (24), no Hospital Infantil Francisco de Assis (HIFA), em Cachoeiro do Itapemirim. A causa apontada pelo atestado de óbito é dengue hemorrágica. O menino é da cidade de Bom Jesus do Norte,sul do Espírito Santo.
De acordo com o HIFA, o paciente foi transferido de Bom Jesus do Norte e chegou à Cachoeiro em estado de choque, indo direto para Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Apesar dos esforços, a criança não resistiu e morreu às 03h40.A Secretaria de Estado da Saúde capixaba ainda não confirmou oficialmente que a causa da morte da criança seria dengue hemorrágica. Ainda assim, a informação coloca em estado de alerta as autoridades de Bom Jesus do Itabapoana, já em solo Fluminense. As duas cidades são acometidas por uma epidemia de dengue e separadas apenas por uma ponte.
Bom Jesus do Norte aparece em quarto lugar no ranking da incidência de dengue no Espírito Santo. São 509,9 casos por cem mil habitantes. Na liderança do ranking de incidência da doença no Estado no Rio de Janeiro está Bom Jesus de Itabapoana, com 2.447 casos por 100 mil habitantes.

Portal Noroeste on line.

TCE declara ilegal contrato da Prefeitura de Campos com Santander

O Tribunal de Contas do Estado (TCE) declarou a nulidade do contrato firmado entre o Município de Campos dos Goytacazes e o Banco Santander, celebrado à época do Prefeito Alexandre Mocaiber, em 2007, no valor de R$ 55,5 milhões, por vários fatores, como a falta de publicidade do processo de licitação. O TCE aplicou ainda multa ao prefeito Alexandre Mocaiber (PSB), no valor de R$ 5.338,00 (o equivalente a 2,5 mil UFIR-RJ) e expediu ofício ao Ministério Público para conhecimento dos fatos.
O contrato de exclusividade com o Santander para a folha de pagamento dos servidores municipais de Campos se encontrava em análise pelo TCE desde 2008 e teve sua ilegalidade declarada no final de fevereiro de 2011, com o comunicado oficial tendo sido feito hoje ao município.
 No mês passado, por exemplo, a Prefeitura injetou cerca de R$ 34 milhões na economia local com o pagamento de 20.762 servidores efetivos, comissionados e contratados diretos. Certamente, vai ter muito banco interessado nesse montante.
Na Geral - Luiz Costa

quarta-feira, 23 de março de 2011

Emenda do Deputado Roberto Henriques garante 50% de adicional para professores da UENF

Matéria extraída do Blog do Cláudio Andrade:
" não sou Sindicato, nem mesmo Reitor. Sou UENF"

Uma emenda do Deputado Roberto Henriques (PR), aprovada ontem na Alerj, garantiu aos professores da Universidade Estadual do Norte Fluminense -UENF- o recebimento de um adicional de 50% sobre o vencimento base, retroativo a 01 de novembro de 2010, a título de bolsa temporária, por dois anos, por dedicação exclusiva.


A Assembléia também aprovou o reajuste de 22%, a ser dividido em três parcelas, a contar do mês de abril, para os professores da ativa, aposentados e pensionistas da UENF, a contar de 1º de janeiro de 2011.


- Não foi uma conquista dos grevistas, nem dos deputados ou da reitoria. A conquista foi da UENF, que se viu respeitada e prestigiada. Demonstramos para a casa que os professores da UENF dedicam todo seu magistério exclusivamente à universidade. E como não constasse do projeto do Governador Sérgio Cabral a gratificação de 50% pela dedicação exclusiva, apresentei a emenda, que acabou aprovada – revelou Roberto Henriques, que atuou nos bastidores para melhorar a proposta do governador.


O reajuste deveria ser feito em seis parcelas e chegou a ser acertado entre as lideranças dos professores com os líderes dos partidos na Alerj. Tendo em vista que a matéria se arrasta há meses, Roberto Henriques ponderou que, uma vez que os pagamentos de janeiro, fevereiro e março já estavam fechados, melhor seria reduzir as parcelas para apenas três, tendo em vista que o projeto ainda será enviado ao Governador Sérgio Cabral para sancionar e ele tem prazo de 15 dias para aceitar ou vetar o que foi decidido na Alerj. Se começasse a contar a partir de abril, os 22% somente seriam concedidos perto do fim do ano.


Henriques disse: " o governador tem consciência que a minha emenda em pouco ou quase nada afeta as finanças da UENF, na medida em que são poucos os professores beneficiados. Confio que ele estará sensível à nossa proposta, fazendo justiça aos professores que tem um dos menores salários entre as universidades brasileiras" – explicou Roberto.

Ônibus da Justiça Itinerante retorna nesta Quinta-Feira, dia 24, em Santo Eduardo

Uma das poucas coisas que dão certo na nossa comunidade, o Projeto da Justiça Itinerante do Estado do Rio de Janeiro leva dignidade e justiça gratuita para muitas pessoas.

Confira o Calendário anual do Órgão, em Santo Eduardo.


O Projeto do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro é um sucesso na comunidade há três anos, atraindo pessoas de várias localidades.


Equipado e com equipe que consiste em um juiz de Direito, um promotor de Justiça, um defensor Público, serventuários da Justiça e pessoal de apoio, o ônibus fará visitas programadas e regulares atendendo demandas das áreas de Família, Infância e Juventude, Registro Civil e Juizado Especial Cível.

Nova regra para contratar terceirizado

Concursados vão à Justiça para obter vagas ocupadas por quem não prestou seleção


O governo federal prepara um decreto para regulamentar a terceirização de mão de obra nas empresas estatais. A informação é do diretor do Departamento de Coordenação e Governança das Empresas Estatais (Dest) do Ministério do Planejamento, Sérgio Silva.


Ele informou ainda o decreto ainda não tem data exata para sair, mas deve ser publicado "brevemente". Por conta de o tema estar em discussão atualmente, o Ministério do Planejamento informou que não pode dar mais detalhes sobre as novas regras.

A terceirização nas estatais é problemática, conforme aponta auditoria do Tribunal de Contas da União (TCU) feita no segundo semestre do ano passado. Quatro das cerca de 130 estatais do país - Petrobras, Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Eletrosul e Instituto de Resseguros do Brasil (IRB) - foram fiscalizadas. O resultado foi que nos quatro casos há indícios de irregularidade, de acordo com informações do relator do caso no tribunal, ministro Augusto Nardes.

"O foco principal foi avaliar eventual descumprimento da Constituição Federal, de que não podem ser terceirizadas as atividades-fim (funções relacionadas diretamente à atuação da empresa). A intenção, a missão do TCU, é tornar o Estado mais eficiente. Diante do atropelo e da necessidade de funcionários, ficaram caracterizados nessas estatais indícios de burla à legislação", afirmou Nardes.

Sérgio Silva, do Dest, afirmou que "o governo federal está ciente do problema e está tomando as devidas providências para resolvê-lo".

Decisão é da Justiça


A terceirização como afronta à Constituição é o principal argumento dos aprovados em concursos públicos  que tentam na Justiça obter vagas que atualmente estão ocupadas por funcionários terceirizados em empresas estatais. Foram localizados processos no Rio de Janeiro (RJ), Fortaleza (CE) e Salvador (BA) nos quais, segundo a acusação, o órgão realizou concurso, mas mesmo assim contratou terceirizados para as funções.

No Estado, a assessoria de imprensa do Ministério Público do Trabalho informou que já foram registrados processos de candidatos que solicitaram a posse no cargo. É bom lembrar que a Procuradoria do Trabalho atua quando há um interesse coletivo. Casos individuais devem ser tratados pela Justiça. 

De acordo com o procurador do Trabalho do Rio de Janeiro, Marcelo José Fernandes da Silva, existem cerca de 87 mil pessoas nessa situação só em relação à Petrobras. O MPT no Estado entrou com ação civil pública em que pede a substituição de 200 mil terceirizados por concursados. 



Agência Petrobras de Notícias

terça-feira, 22 de março de 2011

Bom Jesus: manifestação para tentar salvar o Hospital São Vicente neste sábado

O Hospital São Vicente de Paulo, em Bom Jesus do Itabapoana, que corre o risco de fechar, está deixando a população de toda região apreensiva.
Funcionários, pacientes e amigos do Hospital São Vicente farão manifestação para tentar sensibilizar as autoridades e a comunidade no sentido de evitar o iminente fechamento do nosso hospital.

A manifestação será no sábado, dia 26/03/2011 às 8:00h com concentração no HSVP e caminhada até à praça Gov. Portela.



Do Blog Reporter Online

Mais de meia tonelada de maconha apreendida em Travessão




O Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO), do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro, participa, junto com a Polícia Federal (PF), em auxílio à 2ª Promotoria de Investigação Penal de Campos, da operação “Mil Grau”, deflagrada na manhã desta terça-feira. Aproximadamente 543 quilos de maconha foram apreendidos na casa da mãe de um possível traficante, próximo a um canavial, no distrito de Travessão de Campos. Essa foi a maior apreensão de drogas já registrada em Campos.

Segundo o Delegado da Polícia Federal, Paulo Cassiano, foram expedidos dois mandados de busca e apreensão para advogados suspeitos de exercerem papel de informantes a membros da quadrilha que estão cumprindo pena na Casa de Custódia Carlos Tinoco da Fonseca.  Também foram expedidos 25 mandados de prisão, sendo que 14 foram cumpridos somente dentro da Casa de Custódia e mais seis pessoas foram detidas. Dos cinco foragidos, três foram identificados como Luiz Alberto da Silva Amaral, mais conhecido como Pomada; João Carlos Nogueira, o “Vulgo Calinhos” e Charles Bernardo de Souza. De acordo com o Ministério Público, os dois “sócios” que comandavam o esquema foram presos.

A quadrilha investigada conta com pelo menos 30 integrantes, controla o tráfico e a distribuição de maconha, cocaína e crack em comunidades de Campos e municípios próximos, como Bom Jesus do Itabapoana, Cardoso Moreira, São João da Barra, São Francisco do Itabapoana, segundo Paulo Cassiano.

Folha da Manhã


Mesmo com todos os royalties, Campos tem gasto per capita com Educação menor que a média dos municípios do mesmo porte no país

Do Blog do Roberto Moraes:


Os dados constam do Anuário 2010, elaborado pela Frente Nacional de Prefeitos com dados do ano de 2009, os mais recentes obtidos junto à Secretaria Nacional do Tesouro (STN), do Tribunal de Contas do Estado e do INEP/MEC.

Pela primeira vez se consegue ter acesso aos gastos (investimentos) em valores absolutos (em Reais $) e em valores per capita (por nº de alunos matriculados na rede municipal). Melhor ainda é poder comparar com os demais municípios fluminenses e brasileiros.

O caso do município de Campos dos Goytacazes merece uma análise mais detida. Se por um lado o orçamento destinado à Educação é o 40º entre os municípios brasileiros com R$ 172 milhões, por outro, no ano analisado (2009) ele é inferior em valores absolutos à da nossa vizinha Macaé que investiu R$ 197 milhões. (veja no quadro abaixo dos municípios fluminenses retirado do Anuário 2010 da Frente Nacional de Prefeitos).

Na análise dos investimentos em educação por nº de alunos matriculados na rede municipal (per capita) o município de Campos investiu a quantia de R$ 3.316,00, valor inferior à média brasileira dos municípios de porte equivalente no caso (de 200 mil a 500 mil habitantes) cuja média brasileira de investimento por aluno foi de R$ 3.338,29.

Bom lembrar que a grande maioria destes municípios de médio porte não têm o aporte das milionárias receitas dos royalties do petróleo. (veja abaixo o gráfico do mesmo Anuário 2010).

Pela média de investimento por aluno de Campos dos Goytacazes (R$ 3.316,00), mesmo com os royalties do petróleo pode-se ver que ele fica bem abaixo da média de "todos" os municípios da região Sudeste e Sul, e apenas maior do que os das regiões Centro-Oeste, Nordeste e Norte. (veja gráfico abaixo).

Para efeito de comparação veja os valores que alguns municípios de médio e grande porte investem em Educação. O primeiro valor é o per capita (por aluno matriculado na rede municipal) que é mais interessante analisar para efeito de comparação porque ele trabalha com o número de alunos. O segundo valor apresentado entre parênteses é o orçamento total do município com Educação:

Santos (SP) - R$ 8.305,00 (R$ 264 milhões);
Porto Alegre (RS) - R$ 9.341,00 (R$ 517 milhões);
Paulínia (SP) - R$ 11.402,00 (R$ 191 milhões);
São Caetano do Sul - R$ 11.648,00 (R$ 195 milhões).

Em outros municípios fluminense:
Niterói (RJ) - R$ 6.805,00 (R$ 170 milhões);
Macaé (RJ) - R$ 5.315,00 (R$ 197 milhões);
Duque de Caxias (RJ) - R$ 3.866,00 (R$ 349 milhões).

Podemos citar (o que seria inadequado, mesmo com o comparativo per capita) alguns municípios fluminenses menores, apenas para conhecimento dos leitores deste blog:

Quissamã (RJ) - R$ 8.277,00 (R$ 35 milhões);
São João da Barra (RJ) - R$ 7.016,00 (R$ 38 milhões);
Porto Real (RJ) - R$ 5.195,00 (R$ 17 milhões).

O município de Campos dos Goytacazes é apenas o 38º em investimento per capita em Educação em nosso estado.

O blog abre o debate sobre os investimentos em Educação em nosso município, relembrado que estes dados são oficiais, da Secretaria do Tesouro Nacional (STN) e Tribunal de Contas e Inep/MEC, que trabalham com os dados fornecidos pelo próprio município na suas prestações de contas.

Também relembra que desde 2001 (há uma década atrás), quando a comunidade local se interessou em discutir o orçamento do município, tendo arguído o Ministério Público Estadual, deste direito dado pela legislação brasileira, e este determinou que as Câmaras e as Prefeituras da região eram obrigadas a criar este espaço durante o processo de debate e aprovação das leis orçamentárias anuais (LOAs), este blogueiro junto com diversos outras entidades já questionava estes valores.

À época além dos questionamentos, muitas propostas, através de sugestões de emendas foram feitas para a construção e reformas de creches e escolas, instalação/melhoria de bibliotecas, laboratórios de Ciências e Informática, área esportiva, qualificação e capacitação de professores e servidores, etc. pouco foi feito. Em Educação a gente sempre diz, que o que ficou para trás é difícil de ser recuperado. São gerações que depois tentam suprir as deficiências que vão ficando pelo caminho, que depois, já na condição de trabalhadores, pais e mães de família têm dificuldades de ascender socialmente por conta dos déficits de formação.

Estas crianças que estavam na época com dez, onze anos, no Ensino Fundamental da Rede Municipal, hoje são os jovens, que agora, buscam um espaço no mercado de trabalho off-shore ou têm a expectativa de ingressar nas oportunidades geradas pelo Complexo do Açu.

Considerando o cenário que se tem pela frente e as possibilidades que ainda temos com os recursos dos royalties do petróleo, é possível ainda, consertar o rumo e enveredar por novos caminhos.

A população de Campos agradeceria se o debate político fosse menos sobre pessoas, disputa de cargos e ataques e se pautasse numa agenda de aprofundamento das políticas públicas que aqui foram, estão sendo e deverão ser implementadas.

Ninguém tem e nunca terá a supremacia de opinião, sobre o que quer que seja, mas, é desejável, que o debate aberto, corajoso e a favor do município aconteça para que alguns consensos sejam construídos, posições e ações baseados na maioria sejam pautados pela sociedade e abraçados pelos gestores atuais e futuros como demandas da população a serem seguidas. Nesta linha, a Educação deveria ser uma pauta prioritária. Ao debate e as ações e sigamos em frente!
PS.: Para ver a imagem das tabelas e dos gráficos em tamanho maior clique sobre elas.

Blog do Roberto Moraes